SUPREMA | Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora - FCMS/JF 

Notícias

Semana de Descarte Correto de Medicamentos

26 de setembro de 2017

Semana de Descarte Correto de Medicamentos

A Suprema promove durante os dias 25 e 30 de setembro a "Semana de Descarte Correto de Medicamentos", com coletas de medicamentos vencidos e/ou em desuso pela população.


A campanha é em parceria com o Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais (CRF/MG), e as ações fazem parte do programa "Traga de Volta", que tem por objetivo alertar a população para a importância da coleta e do descarte correto dos medicamentos.


Segundo a Coordenadora do Curso de Farmácia da Suprema, Soraida Sozzi Miguel, o descarte destes materiais não pode ser feito de qualquer maneira, pois pode gerar riscos à vida humana e ambiental. "O descarte destes medicamentos não pode ser feito na privada, não pode ser feito na água corrente, não pode ser feito no lixo comum. Tem que ter um destino certo. Porque contamina, é um risco químico", explica a professora.


Durante esta semana, serão instalados coletores de medicamentos nos corredores da Suprema, para que alunos, professores e funcionários possam trazer medicamentos vencidos e/ou em desuso. Além da faculdade, o Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ) e a Upa Santa Luzia também receberão os coletores.


Para que os medicamentos não se tornem um risco à saúde, é necessário investir em campanhas de conscientização e em infraestrutura para o destino adequado. "O descarte correto é depositar os medicamentos no coletor e depois ser encaminhado ao descarte de resíduos químicos. Como não é oferecido à população, as pessoas acabam descartando de qualquer maneira", comenta Soraida. "Nesta ação, contamos com uma empresa parceira que realiza o tratamento do resíduo químico e a incineração do material".


A professora explica que a importância da conscientização é não poluir o meio ambiente, não contaminar pessoas e animais. Ela salienta ainda, que as pessoas também devem ter a ciência de não usar medicamentos vencidos, pois eles podem gerar complicações na saúde. "Quando um medicamento é fabricado, ele passa por um processo de estabilização. Essa estabilização é que vai informar por quanto tempo o princípio ativo do medicamento ficará funcionando. Depois do período de vencimento, o princípio ativo deixa de funcionar, e pode-se tornar uma nova droga, ou ainda, pode oxidar e se transformar em alguma coisa tóxica ao organismo humano", explica.


A partir desse prazo de vencimento, ele se torna uma incógnita. Não dá para saber se diminuiu a quantidade do princípio ativo, ou se foi alterado, e nessa alteração, pode ser que tenha se tornado uma substância nociva. Por isso, os cuidados devem ser mantidos na hora de eliminar o material.


No sábado, dia 30, ocorre ainda uma Ação Social, no Parque Halfeld, para desenvolver as ações do "Dia D Descarte", junto com os acadêmicos dos cursos de saúde da Suprema. Além da coleta dos medicamentos, serão desenvolvidas atividades sociais como aferição da pressão, medição de glicemia capilar, entre outras.


O CRF/MG realiza a ação em outras 15 cidades e a previsão é de que arrecadem mais de 10 kg de medicamentos vencidos. Participe, e deixe seus medicamentos vencidos e/ou em desuso nos coletores da Suprema!

(32) 2101.5000

Alameda Salvaterra, nº 200, Bairro Salvaterra, CEP 36.033-003 - Juiz de Fora MG

VEJA ABAIXO COMO CHEGAR