SUPREMA | Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora - FCMS/JF 

Notícias

Dia Nacional da Luta Antimanicomial alerta para atendimento humanizado

18 de maio de 2018

Dia Nacional da Luta Antimanicomial alerta para atendimento humanizado

No dia em que é celebrada a Luta Antimanicomial, a Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde - Suprema recebeu o médico psiquiatra e Deputado Estadual, Antônio Jorge, para discutir sobre as políticas da saúde mental e dependência química. Durante o evento, os estudantes puderam conhecer toda a história do tratamento, avanços e mudanças da saúde mental no Brasil.


O Dia Nacional da Luta Antimanicomial foi instituído para marcar as mobilizações em torno do fechamento de manicômios e da mudança do modelo de cuidado realizado nos espaços de vida dos usuários.


De acordo com o psiquiatra e Deputado Estadual, Antônio Jorge, ainda há desafios grandes a serem enfrentados, já que a rede substitutiva tem que continuar crescendo. "Hoje os desafios epidemiológicos são relevantes porque a prevalência dos transtornos mentais é muito alta e, quando agrupados, se tornam o maior componente da nossa carga de doença", reforça.


Antônio Jorge destaca que "é preciso assumir o compromisso político de que ainda estamos muito distantes de onde devemos nos situar no que tange a uma rede madura, que realmente dê conta e atenda às pessoas com todo o acolhimento".
Atualmente, 274 pessoas vivem nas 28 residências terapêuticas existentes em Juiz de Fora, um modelo que auxilia na retomada de vínculos sociais e afetivos. A cidade conta ainda com o atendimento público de saúde mental em cinco Centros de Atenção Psicossocial, incluindo o de Álcool e Drogas e da Infância e Juventude.

 

 

(32) 2101.5000

Alameda Salvaterra, nº 200, Bairro Salvaterra, CEP 36.033-003 - Juiz de Fora MG

VEJA ABAIXO COMO CHEGAR